Habitação

Casa da Lagoa

A proposta passa pela criação de um pátio aberto, elemento que cria e define duas áreas distintas, uma zona de “noite” com disposição a sul e uma zona de “dia” a norte.

O suporte físico da intervenção é constituído por um terreno elevado que se relaciona com um espelho de água publico a poente. O edifício agrícola a intervir apresenta uma forma linear de grandes dimensões e contíguo a um pavilhão industrial a nascente.

Esta dualidade de acontecimentos foram elementos geradores da proposta, por um lado condicionado a nascente pelo edifício envolvente, por outro pretende-se a forte relação o espelho de água a poente.

A proposta passa pela criação de um pátio aberto, elemento que cria e define duas áreas distintas, uma zona de “noite” com disposição a sul e uma zona de “dia” a norte; permitindo uma relação de aproximação a moradia a partir do espaço publico de forma natural.

Esta relação garante ótimas condições de insolação aos quartos e sala, acrescido de uma vista desafogada de todos os compartimentos na relação com o espelho de água.